Como conseguir qualidade de vida digital?

Já ouviu falar da FOMO? Essa é uma sigla em inglês para “fear of missing out”, em outras palavras, medo de ficar por fora, e isso impacta diretamente na sua qualidade de vida digital. Sabe quando você vê uma pessoa no cinema, olhando o celular o tempo todo? Ou alguém caminhando enquanto olha o celular? Já viu alguém à mesa, comendo, com o dedo deslizando no aparelho? Conhece alguém que sente uma necessidade incrível de responder whatsapp no momento em que recebe as mensagens, priorizando o tempo das outras pessoas, em detrimento do próprio?

Essas são apenas algumas situações, assim como checar redes sociais o tempo todo, ou fazer algo pensando nas fotos que vai postar nessas redes, que revelam alguém que não consegue desconectar um momento sequer. O medo de perder alguma informação leva a pessoa a se comportar dessa forma, que quer sempre estar “atualizada”, e informar o mundo todo sobre o que ela está fazendo.

De que maneira, nós que somos dessa geração que está online, podemos evitar que cheguemos a esse ponto? Não se trata de abolir o uso da tecnologia, de sair correndo das redes sociais, abolir o whatsapp do celular, ou qualquer coisa assim. Essas facilidades são ótimas, e se bem usadas, simplificam muito nossas vidas, além de serem fontes de diversão e informação.

Imagem: Pixabay

Para chegar num ponto de equilíbrio, cabe aqui nossa reflexão sobre como usamos esses recursos. Com que frequência estamos conectadas? Isso tem provocado prejuízos físicos como deixar de dormir bem? Ou comer direito? Esse comportamento impacta a nossa relação com as pessoas, com nossos amores, nossos filhos? Estamos deixando de olhar para eles olho no olho por causa do celular? Quando saímos do whatsapp ou de uma rede social, e olhamos ao redor, vemos nossa casa, ambiente de trabalho, e todas as coisas que precisamos fazer, sentimos que perdemos algum tempo precioso na vida?

Repare nos impactos do uso da tecnologia na sua vida e reflita: isso é bom? Pense sobre isso. Se não, como você gostaria que fosse? Esse é o ponto de partida para a mudança, sobretudo se alguém muito próximo já fez o alerta sobre o fato de que você anda exagerando.

Como atingir o equilíbrio?

1 – Comece por pensar seriamente sobre quais são suas prioridades e responsabilidades. A partir disso, limite o tanto que consome de informação. Você não precisa ver o tempo todo a vida das pessoas, nem precisa ler sobre todos os assuntos, o tempo todo.

2 – Com base no que precisa consumir em termos de informação, saia de grupos de whatsapp que não acrescentam nada, cancele assinaturas de newsletters que fujam do seu propósito de vida, seja seletiva quanto ao que segue no Instagram, assim como no Facebook.

4 – Delimite bem o tempo que vai ficar online, isso como recompensa após ter feito tudo o que precisa fazer, consuma a informação que realmente importa e acrescenta, e respeite o tempo que você definiu para isso. No momento certo, desconecte.

5 – Desabilite as notificações do celular! As pessoas mandam mensagens de whatsapp no tempo delas, e você responde no seu. Pronto. Se for urgente, mesmo, a pessoa liga!

6 – Quando acordar pela manhã, não corra para o celular ou para as redes socias. O seu tempo nas primeiras horas da manhã é seu e de sua família, e não do resto do mundo. Pode apostar: a consistência nessas resoluções pessoais garantem que você fique tranquila, sem ansiedade por ver o que acontece mundo afora.

Foco! Primeiramente em si mesma! Não deixe que a (falsa) importância de estar conectada faça você esquecer o que é prioridade na sua vida.

[SÓ PARA QUE VOCÊ SAIBA] O hábito de ter atenção sobre a frequência com que se fica online é um dos passos trabalhados no Projeto Lar Bonito Lar, que está com inscrições encerradas. Quer fazer parte da próxima turma? Clique aqui, fale comigo no whatsapp e peça para entrar na lista de espera de interessadas, que já está em formação. Quando as inscrições forem abertas, é com as pessoas dessa lista que falo primeiro, já que as vagas são limitadas. Se preferir, me chame whats 81.9.9530-7307.

Beijos,

Lidiane {Lidi}

Nosso contéudo:

Projeto Lar Bonito Lar | Newsletter Trololó de Mulher – Grátis | Assine e receba o post semanal do blog no seu e-mail – Grátis.

E tem mais!

Guia Bem Viver – Grátis | Lista de Transmissão Bem Viver, no Whatsapp. Conteúdo uma vez por semana. Peça para entrar – Grátis.

Nas Redes:

Perfil pessoal no Facebook | Fanpage no Facebook | Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *