Início » Comportamento » Sobre mudança de vida, alternativas e propósito.

Sobre mudança de vida, alternativas e propósito.

Para muitas pessoas falar em mudança de vida pode causar medo, frio na barriga ou desconforto, afinal de contas redirecionar a rota quando está tudo indo aparentemente muito bem exige coragem, e é para poucos. Rivah, Bacharel em Turismo, é gente que inspira exatamente pela audácia de tirar a própria vida da caixinha, e viver um sonho que tem sido muito mais que viajar por vários países e conhecer tantas culturas. Como se só isso não bastasse, de bônus a moça está se conhecendo muito mais, e ganhando boas lições sobre simplicidade voluntária e bem viver. Confira!

Perfil

A bela Rivaneza {Rivah} se jogando na vida e sendo feliz!

MUDAR É PRECISO!

Já dizia o ativista Mahatma Gandhi “Seja a mudança que você quer ver no mundo”¹. Clichê? Sim, pode ser, mas há tanta verdade nessa frase que não se pode negar.

Durante muito tempo me senti incomodada, inquieta por viver num ciclo, numa rotina que não me trazia alegria. Saia às 7:00 horas para trabalhar, encarava uma jornada de 10, 11 horas de trabalho e só as 21h estava de volta em casa, cansada, acabada fisicamente e mais ainda mentalmente. Me sentia esgotada e sem vontade de realizar mais nada. Daí eu pensava: o que fiz do meu dia? Porque não me sinto bem? Trabalhava, resolvia muitas coisas, gostava das atividades que exercia, tinha meu salário no final do mês, plano de saúde pago pela empresa, comissão, não tinha filhos, então tudo que ganhava era só para meu “bel prazer”, mas no final somando tudo não me sentia bem.

Laguna 69 - Perú

Laguna 69 – Perú

Paralelo a isso sempre senti uma vontade imensa de viajar, de estar na estrada, de conhecer pessoas, aprender outras línguas, viver outras culturas. É algo que me encanta, então resolvi focar em algo que me encantava, que não me cansa, que me estimula 24h por dia.

Porém, toda essa inquietação que sentia durou anos, até que eu criei a coragem tomei uma decisão. Naquele momento eu vivia num relacionamento há 2 anos, e vivíamos há 1 ano sobre o mesmo teto. Num determinado momento falei para Thiago: resolvi largar toda minha rotina e viajar. E perguntei se ele gostaria de me acompanhar, pois eu estava certa que cairia no mundo com ou sem a sua companhia, porque eu precisava ir atrás do meu sonho. A princípio ele não quis, não tinha segurança em largar tudo que havia conquistado (casa, móveis, carro, etc.), mas ao mesmo tempo ele também não se sentia preenchido por essas “conquistas”.

DCIM100GOPROGOPR0347.JPG

Montanha Wilcacocha – Perú

Durante esse período de incerteza de Thiago líamos muitos blogs, matérias, sites a respeito de formas alternativas de se viver e viagens, e depois de absorver tanta informação, após o carnaval de 2016 ele disse: Planeje tudo e vamos viajar, também não quero mais viver nesse ciclo que não me faz bem, que não me estimula, que não sinto alegria.

Ao longo de 1 ano de preparação para esta viajem escutamos muito, mas muito mesmo: – Vocês vão largar tudo? E as coisas (leia-se bens materiais) de vocês? E o trabalho? Vocês são loucos? Eu não faria isso! Que ideia legal! … mas eu não faria isso. Que coragem! Blá, blá, blá…

DCIM100GOPROGOPR1022.JPG

Linhas de Nazca – Perú

Uma coisa é certa, não se trata apenas de coragem. Sim, tem que ter coragem, muita coragem para largar sua zona de conforto e ir atrás da mudança, mas se trata também de planejamento, de realizar um sonho, de ver as coisas sob outra perspectiva, de mudar de vida.

E no dia 21 de julho de 2017 começamos a viver a tão sonhada e planejada mudança, partimos para o Perú, com alguns roteiros planejados, mas nada obrigatório, tudo podia ser mudado de acordo com as circunstâncias ou a nossa vontade. Nesses 4 meses além de Perú, já passamos pela Bolívia, Argentina e Uruguai. Nesse momento estamos no Rio de Janeiro, e ainda sem data certa para voltar para casa, nos programamos para 6 meses de viagem, talvez mais, talvez menos. De uma coisa temos certeza: nunca mais deixaremos de viajar.

Salar de Uyuni - Bolívia

Salar de Uyuni - Bolívia[2]

Salar de Uyuni – Bolívia

Agora alguns devem se perguntar: sim, como vocês querem viver mesmo? Estamos descobrindo no dia a dia, de acordo com nossos sentimentos e necessidades, mas já sabemos que não precisamos nem da metade das coisas materiais que antes batalhavámos tanto para ter. Uma amiga me enviou um vídeo que exemplificava um pouco desses sentimentos, “ Não estamos aqui apenas para existir, mas para viver. E como você vive esta vida? Está feliz? É isso o que você quer? ”¹.

Thiago e eu já descobrimos que não queremos apenas existir, e como não queremos viver. Estamos em construção sobre o que queremos. E o que não sabemos, iremos com bastante entusiasmo descobrir, podemos errar bastante, já erramos, mas mudança é livre, a mudança é possível, e estamos mudando nosso mundo particular.

DCIM100GOPROGOPR2315.JPG

Casa Rosada – Buenos Aires/Argentina

¹Mahatma Gandhi ²Autor desconhecido

RIVANEZA SILVA-BACHAREL TURISMO

Rivah nos dará o prazer de contar, em posts mensais, suas descobertas, experiências e reflexões, tudo deliciosamente pincelado por fotos incríveis, daquelas imagens inspiradoras, que dão um gostinho todo particular que só experimenta quem viaja. Para acompanhar mais o que essa moça anda fazendo por aí junto ao seu amado, clique aqui e curta a fanpage De Andada no Mundo no Facebook, clique aqui e siga o perfil De Andada no Mundo no Instagram, clique aqui e acompanhe o perfil pessoal de Rivah no Instagram. Quer falar com Rivah por e-mail? anota aí: deandadanomundo@gmail.com

ASSINE

LOJA TROLOLO DE MULHER[2]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *