Início » Finanças Pessoais » Como reduzir gastos com comida.

Como reduzir gastos com comida.

Todos nós sabemos que a situação econômica do país não é das melhores. Afinal, estamos atravessando um momento de grande instabilidade, e, mesmo que a crise ainda não tenha te atingido pessoalmente, é sempre bom economizar o máximo possível, pois nunca se sabe o dia de amanhã. Em um post anterior falamos sobre como economizar na conta de luz, e hoje o tópico é gastos com comida, outro ponto que faz uma grande diferença no seu bolso. Vamos às dicas?

ORCAMENTO DOMESTICO-FINANCAS PESSOAIS-ECONOMIA DOMESTICA-GASTOS COM COMIDA

Imagem: pixabay.com

1 – Marcas
Quando se trata de alimentos, cada um de nós tem suas marcas favoritas. Mas, a verdade é que, muitas vezes, nem sabemos o porquê dessas preferências. Talvez seja uma herança de família, “herdada” pela sua mãe, por exemplo. Ou então, a escolha de determinado produto ocorreu simplesmente por ser o mais popular. É bom deixar bem claro aqui que não estou dizendo que todas as marcas “desconhecidas” de comida são boas, mas existem algumas bem baratas e de qualidade, sim. Por isso, vale a pena testar artigos diferentes e decidir por si próprio sem preconceito, o que será muito positivo para o seu paladar e bolso.

2 – Álcool
Você gosta de beber? Em caso afirmativo, procure fazê-lo em casa. Afinal, bares são extremamente caros. Portanto, gastar uma fortuna nos tempos atuais com drinks não é uma decisão muito inteligente. Uma caipivodka que você pagaria R$18 em um restaurante, se preparada em casa, sai por menos de R$5 cada, por exemplo.

3 – Delivery de comida
Assim como bares, restaurantes podem pesar bastante na carteira. Então, que tal tirar um dia de folga da cozinha e ainda economizar? Muito simples: peça um delivery! Ele sempre sai bem mais em conta, as porções são maiores, há inúmeras opções disponíveis de pratos e você ainda aprecia tudo no conforto da sua casa. Além disso, é bom lembrar que esses serviços não se limitam à pizza e sanduíche como no passado. Atualmente, eles entregam comidas saudáveis também como o PedidosJá, por exemplo, que oferece de tudo – de churrascarias aos restaurantes especializados em alimentação vegana. É só se cadastrar no site ou baixar o aplicativo, informar o seu CEP, ver todos os restaurantes que fazem entrega na sua área e efetuar o seu pedido. Mais fácil impossível!

4 – Doces
Se você é fã, provavelmente já se pegou pagando uma fortuna pelos que são vendidos nas docerias e padarias. Então, que tal prepará-los em casa e economizar uma boa grana? Enquanto um brownie chega a custar mais de R$8, uma fornada inteira sai por menos de R$10 – se feita em casa. Portanto, mais doces e menos gastos. Combinação perfeita, concorda?

5 – Compras do mês
Vale a pena ir aos grandes hipermercados e fazer suas compras todas de uma vez só. Para isso, basta fazer uma lista para não se esquecer de ingredientes ou adquirir itens desnecessários. Além disso, recomendo elaborar um cardápio semanal para facilitar a sua vida.

6 – Congele
Outra dica é preparar os pratos em grande quantidade, dividir em porções e congelá-los. Isso não somente poupa dinheiro, como também seu tempo. Vou dar um exemplo: vamos supor que você faz quiche de presunto e queijo toda segunda-feira. Então, se fizer quatro unidades de uma vez só e congelá-las, além de não ter que enfrentar fila de mercado para comprar os mesmos ingredientes toda semana, você não perde seu tempo cozinhando. Gostou da ideia? Então, para mais dicas de congelamento de alimentos, clique aqui.

Viu só como pequenas alterações podem fazer uma diferença enorme? Além de sobrar tempo para você se dedicar a outras atividades, seu bolso também vai agradecer imensamente! Ou seja: mais tempo e mais dinheiro para você!

ASSINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *