Início » Comportamento » Ser luz na vida dos outros salva…

Ser luz na vida dos outros salva…

Somos exemplo, o tempo todo, em todo lugar, mesmo sem querer. Ser luz, ou não, na vida de outras pessoas, é muito mais forte do que podemos imaginar. Repare bem: estamos próximos, uns vendo o que os outros fazem, tanto na vida real quanto na virtual. Somos referência para outras pessoas, e elas sentem em que frequência estamos sintonizados. Isso se revela pela nossa fala, nosso olhar, pelo que compartilhamos em redes sociais ou grupos de mensagens, pelas escolhas que fizemos na vida, pelo tipo de trabalho que escolhemos exercer e pela forma como isso é feito. Se somos carrancudos e reativos, podemos influecienciar outras pessoas a serem também. O que queremos deixar como marca?

A gente pode corroborar para que outras pessoas sigam pesadas e infelizes pela vida, e se darem mal de verdade, se reforçarmos dia após dia que a negatividade é natural. Fazemos isso com o exemplo de nossas vidas, com a marca que deixamos. A falta de empatia, o uso da ironia, a prática de agressões verbais acaba sendo encarada como cultural e socialmente aceitável porque, afinal de contas, o outro também faz. Que mal teria isso? Ninguém questiona…

comportamento-positividade

Imagem: Foter.com / CC0

O que oferecemos ao mundo, recebemos de volta. Do que é feito nossos dias? A gente escolhe com quem se relacionar, quem queremos manter perto, que tipo de energia vai nos envolver, se vamos florescer positividade ou não. Se a gente opta por espalhar amor, e praticar a compaixão, pode reparar: nosso entorno é tocado por isso, e a vida nos presenteia com o que há de melhor na contrapartida. O mundo está cheio de dor, e isso já é o suficiente, não?

Ponha uma intenção positiva em seus atos, sua fala, seu comportamento, seus gestos… e mesmo no sofrimento seremos capazes de sorrir, ao menos gratos pelas lições que essas experiências nos trazem. É uma mudança de postura diante da vida, que nos leva a quebrar o ciclo de negatividade e resmungos pelas coisas mais banais do dia a dia.

O #mimimi nosso de cada dia tornou-se bastante comum, e seguimos todos em comportamento de manada, uns influenciando outros. Sejamos luz, portanto. Estamos conectados ao mundo, e ele à gente. Perceber o tamanho da responsabilidade que nós temos nesse processo fará toda a diferença, e isso salva… muito mais a gente, que os outros. Acredite!

ASSINE!

Um comentário sobre “Ser luz na vida dos outros salva…”

  1. lenira mendes comentou:

    Amei o artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *