Início » Relacionamento » Casamento intimista: celebração afetiva, para poucos.

Casamento intimista: celebração afetiva, para poucos.

Pessoalmente, sou bastante entusiasta das celebrações intimistas e mais afetuosas, para poucos, sabe? Já falei sobre isso no post a respeito de festa infantil, e foi nos comentários dele que a Mariana Alcântara sugeriu esse assunto: casamento intimista. Confesso que a pauta sobre casamento, falando da cerimônia em si, será novidade no blog. O nosso público, em sua maioria, é formado por mulheres maduras, já casadas, e com filhos. Mas certamente dentre muitas delas há aquelas que apenas “juntaram”, e que um dia sonham oficializar a relação com cerimônia + recepção. Esse é o meu caso, por exemplo, que casei apenas no civil. Não me admira que a sugestão tenha vindo de uma leitora. Ela, como eu, deve ter esse desejo que é tão comum entre muitas de nós. Pensei: por que não? Vindo de uma leitora, então, penso que o post ganhará ainda mais relevância.

Para falar sobre casamento intimista (mini wedding), que vai na via contrária das grandes celebrações de hoje em dia, convidei uma expert no assunto: Amanda Accioli, Consultora em Eventos Sociais & Casamentos. Amanda tem dicas incríveis para nós que queremos celebrar a união com menos pompa, e já adianta que “os grandes, mega, ultra casamentos, com pompas e circunstâncias, têm dado lugar aos íntimos, charmosos e delicados mini weddings”, ou seja, já há uma tendência nesse sentido, um retorno ao simples. Isso, contudo, não quer dizer que um evento como esse, de caráter mais intimista, não tenha beleza e detalhes encantadores. Prepare-se para ideias incríveis trazidas pela Amanda, e comece a pensar nas escolhas para esse dia tão especial.

 

casamento-casamento-intimista-mini-wedding5

Via Google Imagens

Todo o charme e elegância de um mini wedding (casamento intimista)!

 

Mini weddings são verdadeiramente um charme à parte! Vou dar aqui algumas dicas para quem deseja fugir de grandes badalações no grande dia, e optar por um mini-casamento, porém tão cheio de beleza e detalhes quanto um grande casamento; ser mini não significa ser mais simples ou com menos beleza, pelo contrário!

Em primeiro lugar, não dispense uma assessoria e o cerimonial do dia: só porque é mini não significa que os noivos terão condições, disposição e até mesmo paciência de pensar em tudo, por isso vale muito à pena! O mini wedding pode ser uma opção para se gastar menos, sim, afinal, buffet, arranjos de flores, lembrancinhas, bebidas e muitos outros itens se paga pelo número de convidados e tamanho do espaço, portanto, quanto menos gente e quanto menor o ambiente, menor o valor. Mas pode-se fazer um mini wedding luxuoso, com o que há de melhor de comida e bebida, e por isso sair bem mais caro do que uma festa para 250 pessoas; isso tudo vai depender do que você quer e pode fazer.

casamento-casamento-intimista-mini-wedding6

Via Vestida de Noiva

casamento-casamento-intimista-mini-wedding7

Via Lápis de Noiva

Muitos casais acabam optando em realizar em sua própria casa, ou mesmo na casa dos pais ou avós, mas sempre deve-se atentar para o espaço, afinal seus convidados devem ficar confortáveis no ambiente da casa; também há opções de elegantes restaurantes geralmente cheios de charme e encanto, ou em espaços de eventos pequenos que acomodem poucos convidados para não haver perigo de fazer em um grande espaço e ficar tudo vazio. Muitos casais também optam por um mini wedding na praia. Muitos convidados se deslocando até a praia escolhida fica inviável por vários motivos, e isso acaba fazendo com que o casamento seja realmente menor, porém não menos bonito, charmoso e chique (aliás, casar na praia, na minha opinião, deixa de lembrança as fotos mais lindas de um álbum de casamento)!

casamento-casamento-intimista-mini-wedding8

Via Pinterest

casamento-casamento-intimista-mini-wedding9

Via Obrigado, Santo Antonio!

O ideal é sempre reunir a cerimônia e a recepção em um único lugar, e para ser um mini wedding o número de convidados gira em torno de 50 a 80 convidados (chegando no máximo 100 convidados)! Em resumo, na minha opinião, casais que buscam um casamento pequeno, buscam a originalidade acima de tudo, pois os noivos acabam dando um toque especial, e o evento fica com a “carinha” deles; mas fiquem atentas, pois em cerimônias íntimas, decorações mais delicadas e com arranjos baixos é o mais usual, mas nada impede que os noivos sejam um pouco mais extravagantes, afinal, celebrar e comemorar um casamento pode até ter aquelas “regrinhas básicas”, mas nada que não possa ser mudado conforme a vontade dos nubentes.

Já o horário e o cardápio podem variar: se for realizado de manhã pode ser servido um pequeno brunch ou um almoço. Caso seja á tarde, pode ser seguido por um chá, ou coquetel, e à noite a comemoração pede coquetel, com mesa de apoio, ou jantar, mas tudo isso deve-se levar em conta o local da realização da comemoração. Festas em sítios, chácaras ou fazendas da família de um dos noivos é também muito usual e muito elegante, porém é interessante aproveitar o dia para a realização para que se possa obter boas fotos e um bom vídeo, já que o ambiente bucólico é muito propício, e também para que seus convidados possam ir e voltar com segurança, ainda com a luz do dia (a não ser que o local comporte os convidados ou eles serão acomodados pelos noivos e pela família em algum hotel próximo).

Uma boa maneira de montar a lista de convidados para um mini wedding é pensar naqueles que realmente frequentam sua casa, que saem com vocês e que verdadeiramente desejam felicidades ao casal! Mas, o mais importante é que o mini wedding pode ser sim uma possibilidade de realizar um casamento ideal, com o aditivo de não deixar os noivos endividados ou prolongando a chegada da grande data! Mas pode ser uma opção real do casal, e não uma questão financeira ou temporal.

A procura pelos mini weddings vem aumentando nos últimos anos pois dá aos noivos a possibilidade de fazer uma mistura entre o moderno e o tradicional, podendo adicionar ao casamento um toque de personalidade, como eu citei acima, ficando com a “carinha” dos noivos. Assim, a diferença básica entre os casamentos tradicionais e os mini weddings encontra-se nos pequenos e mínimos detalhes das escolhas dos noivos durante a organização do evento, detalhes estes que farão uma diferença enorme no casamento, podem ter certeza!

casamento-casamento-intimista-mini-wedding10

Via Berries and Love

casamento-casamento-intimista-mini-wedding11

Via Inspire Brides

casamento-casamento-intimista-mini-wedding12

Via Vestida de Noiva

Atente-se que é uma festa ou recepção bem intimista, aconchegante, onde todos se conheçam e interajam o tempo todo, e para que isso ocorra, é necessário delimitar o número de convidados, por isso sua lista é essencial para o sucesso do evento, que devem ser escolhidos a dedo, devendo girar em torno de 50 a 80 convidados. Em resumo, o ideal é que o número de convidados tenha dois dígitos e que só tenha lugar na lista os mais íntimos do casal de noivos. Agora se você tem muitos conhecidos, seu pai e sua mãe querem chamar todos os amigos deles, a festa deixa de ser mini a passa a ser tradicional, perderá o aconchego de mini weeding.

Assim, se optar pelo mini, a lista de convidados deve-se limitar aos pais, avós, tios e primos de 1º grau e os padrinhos – mais que isso, a festa já começará a tomar proporções de um grande evento, e o tal “charme” intimista e aconchegante se perderá. Além disso, você correrá o risco de convidar alguns parentes e deixar de convidar outros, o que causará certas “saias-justas” e alguns constrangimentos. Mas, se você se limitar aos parentes mais próximos, poderá dizer que o casamento foi feito só para os padrinhos e para os mais íntimos, o que será uma verdade.

Não é porque o casamento será pequeno que você deve esquecer dos detalhes, então nada de convidar apenas por telefone ou por e-mail, dê um toque todo especial entregando em mãos os convites que puder, e enviando os demais. Não se esqueça: em um casamento pequeno, os detalhes tornam-se mais visíveis. É possível pensar em lugares marcados com plaquinhas lindas indicando os nomes, lembrancinhas com o nome de cada convidado fica um charme e mostra a preocupação com cada convidado, mensagem dos noivos em cada mesa, enfim, fazer do mini wedding inesquecível pelos detalhes! E não se esqueça, após voltar da lua de mel, de enviar os cartões de agradecimento!!! São estes toques que farão toda a diferença e ficarão para sempre na memória dos seus convidados.

Portanto, se a grana está curta e o casal prefere invetir em outras coisas como viagem de lua de mel, casa, etc, se está impaciente e louca para casar, ou mesmo se o casal não é de grandes festas e comemorações, mas não querem abrir mão do charme do seu casamento, opte pelo mini wedding!

Nota: já pensou que o casamento pode ser comemorado com um churrasco? Antes que você coloque as mãos na cabeça e ache um absurdo, aviso: a versão pode ser muito mais elegante do que você imagina. Amanda dá as dicas. Clique aqui e confira como servir e fazer acontecer um churrasco glam.

amanda-accioili-consultoria-casamento-e-eventos2

Amanda comanda o blog Amandica Indica, blog dedicado ao conteúdo voltado para eventos sociais em geral. A boa notícia para as bonitas que querem casar é que em breve nascerá o Despertei Noiva, que será uma parte dentro do blog especializada em casamentos. Clique aqui, visite o blog e confira o conteúdo riquíssimo que há por lá.  Aqui você confere e segue o Instagram Despertei Noiva. Aqui fica a fanpage no Facebook do Despertei Noiva. Se joga e sonha, bonita!!!!

ASSINE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *