Início » Casa » Como reformar um armário de ferro que está velho?

Como reformar um armário de ferro que está velho?

Essa é a dúvida da Carolzinha Leroy, que me enviou sua pergunta. Esperta que só ela, quer reaproveitar o armário de ferro que tem em casa, customizando o móvel de maneira a deixá-lo novo, bonito e, de quebra, ainda economizar um bocado.

Você já deve saber: dúvidas de decoração, parceiras e consultoras queridas respondem pra gente. Mande seu e-mail para trololomulher@gmail.com e, quem sabe, sua dúvida não vira um post? A boa notícia é que há dicas para a leitora, sim. Quem respondeu foi Carol Carneiro, Designer de Interiores de Belo Horizonte – MG. E quem sabe as dicas que foram dadas para ela também não podem servir para você, hein? Confira!

decoracao-cozinha-moveis-armarios3

Imagem: DonkeyHotey via Foter.com / CC BY

Recebi a pergunta com o dilema de decoração da Carolzinha Leroy, que dizia assim:

 

Oi, Lidiane! ´Tô com um armário de ferro antigaço lá em casa ´pra reformar….tá bem velhinho. Você pode me ajudar com um post sobre isso? Pensei em dar uma lixada bacana nele e pintar de branco, e nas portas que são de madeira, colocar chita. Me ajuda…por favorzinho…bjim

 

Bom, numa situação dessas a gente precisa ver o real estado do móvel, não é? Isso seria fundamental para que a Carol Carneiro, nossa consultora para os dilemas de decoração, pudesse pensar em como ajudar a Carolzinha. Eis que chegaram as imagens:

 

decoracao-cozinha-moveis-armarios

decoracao-cozinha-moveis-armarios2

 

As dicas da Carol Carneiro foram as seguintes:

 

Bem bacana sua ideia, querida Carolzinha! Pintar com a cor branca é uma boa opção, pois é neutra, combina com tudo, além de ser “clean” e você não vai se cansar tão cedo. Agora, é importante que utilize o material correto. Anota aí!

1º Passo: Ferro

1) Lixa nº 150 para lixar bem o ferro e retirar todo ferrugem existente;

2) Paninho para tirar a poeira após lixar;

3) Aguarrás (caso queira misturar um pouquinho na tinta para diluí-la);

4)Tinta esmalte sintético (na cor branca) e pincel para pintar umas 3 demãos (espaço de 4h entre uma e outra);

Importante: cuidado com pó de poeira, por exemplo, pois pode grudar na hora de secar deixando a pintura áspera (granulada).

2º Passo: Madeira

Adoro chita, mas aí neste caso, vou sugerir para você manter a frente das portas e gavetas em madeira e colar à frente desta madeira (retirar puxador antes, claro!), um paninho tipo crochê furadinho. Poderá encontrar também em lojas que vendem tecidos e tapetes por metro, um plastificado imitando esses tecidos em crochê, mas que são próprios para áreas onde há gordura e umidade, facilitando a limpeza. Dessa forma, dará um efeito de bordado super charmoso e romântico à peça.

Você tem também uma 2ª opção, que é usar no lugar do tecido em crochê, uma palhinha natural mais clara colada sobre a madeira, dando ar rústico e charmoso ao móvel. O restante da estante será toda pintada de branco deixando-o neutro e limpo.”

Mais sobre decoração/móveis faça você mesma:

Móvel usado e antigo: dá mesmo para repaginá-lo?

É possível usar adesivos de envelopar carros na decoração da casa?

Quer uma mesinha? Improvisa!

 

carol-carneiro-designer-de-interiores-belo-horizonte-mg

 

Carol Carneiro é uma Designer de Ambientes apaixonada por reutilização de materiais. No blog que ela edita dá pra ver muito mais do que ela já andou produzindo, além de suas ideias transformadas em posts. Além disso, há muito mais em sua página no Facebook. É só clicar aqui, curtir e acompanhar.

ASSINE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *