Início » Adriana Minhoto » O que você não sabia sobre a cultura popular na Finlândia…

O que você não sabia sobre a cultura popular na Finlândia…

E aí que me diverti demais quando soube, através da Adriana Minhoto, mais detalhes sobre a cultura popular na Finlândia. Não pelos detalhes em si, claro, pois cada povo tem sua peculiaridade e não há código cultural melhor que outro. Achei graça foi a forma como Dri foi confrontada com isso tudo, sendo ela brasileira como a gente. Aposto que qualquer uma de nós ficaria bem deslocada em algumas das situações que Dri relatou, e que nos presentou com mais doses de conhecimento sobre aquele país tão frio e distante… quer se divertir comigo com mais detalhes das aventuras de Dri na Finlândia? Vem comigo!

Quando pensamos em morar fora vem em nossas cabeças todas as coisas boas que podemos aprender e todos os lugares lindos que vamos conhecer. Estamos prestes a deixar nossa zona de conforto e mergulhar no desconhecido. Conforme você vai vivendo nesse novo lugar, passa a conhecer as tradições e cultura, e às vezes acha encantador, já outras um pouco assustador… rs… Hoje vou dividir com vocês um pouco do que aprendi nesses quase dois anos morando em terras finlandesas.

“Dia do nome”

Além do dia do aniversário, aqui na Finlândia é bem comum eles comemorarem o dia do nome. Funciona assim: no calendário cada dia do ano tem um nome e quando se faz aniversário é também comemorado o dia daquele nome. Por exemplo, se você nasceu em 12 de junho e o nome do calendário é Anne, então você comemora o nome Anne. Já se seu nome cai em uma data diferente do seu aniversário, você pode comemorar esse dia e com direito a bolo e parabéns! Essa tradição remete aos tempos medievais e até hoje faz parte da cultura finlandesa.

CULTURA-FINLANDIA[2]

“Os sem nome”

A criança finlandesa pode ficar até dois meses sem nome aqui na Finlândia. Mas não se assuste, pois essa prática vem de épocas antigas em que era difícil as pessoas que moravam em vilarejos afastados da cidade registrarem seus filhos, então eles tinham um tempo para que pudessem chegar na cidade onde a criança seria registrada. Mas ainda hoje alguns pais preferem esperar um tempo antes de dar nome ao novo integrante da família.

“Páscoa sem coelhinho”

Não se sintam sozinhas achando que isso é estranho. Sim, a Páscoa aqui é comemorada sem coelhos e ovo, e com crianças fantasiadas de bruxinhas! As pequenas bruxas batem de porta em porta com ramos de árvore (salgueiro) decorados, e quem as atende, além de ganhar uma oração para afastar os maus espíritos, podem ficar com o raminho. Em troca elas recebem doces em geral.

CULTURA-FINLANDIA[4][2]

Via O Estranho Mundo de Kaehryan

“Sauna”

Você sabia que a Finlândia tem 1,5 milhões de saunas e cinco milhões de habitantes? Isso dá praticamente três saunas para cada dez habitantes. Fazer sauna é um hábito que se aprende desde pequeno, praticamente como falar e andar. Crianças são colocadas nas saunas, nos degraus onde não é tão quente, desde os cinco meses de idade ou até menos. Em geral, as pessoas que fazem sauna a fazem pelados. Aqui não existem saunas públicas mistas, mas em família e com amigos é comum que homens e mulheres fiquem juntos. Não cometa gafe: se você estiver na casa de alguém e for convidado para fazer sauna, é indelicado recusar, pois ela pode ter sido aquecida somente para você, e os anfitriões podem ficar bem chateados com o seu “não”, a menos que tenha alguma restrição séria de saúde.

CULTURA-FINLANDIA[5]

“Quietos”

Na Finlândia não existem conversas (tipo as de elevador) como estamos acostumados ai no Brasil, e confesso que achei estranho isso quando cheguei aqui. Os finlandeses culturalmente são mais quietos e fechados, e eles ouvem mais do que falam, sendo o silêncio no meio de uma conversa – sabe aquele silêncio chato que ficamos sem jeito? – uma coisa normal. Mas, se você estiver visitando a cidade e estiver perdido, não hesite em perguntar informação aos finlandeses, pois eles são extremamente simpáticos em te ajudar (e eu posso confirmar isso, pois já me perdi diversas vezes em ruas de nomes grandes e estranhos). Ah, não é legal conversar alto em meios de transporte e nem nas ruas.

“Beijinho, beijinho”

Nunca, mas nunca na sua vida cumprimente um finlandês com um beijo. Nem um abraço. Isso é totalmente incorreto para eles. Aqui na Finlândia eles se cumprimentam com um firme e breve aperto de mãos e olhos nos olhos. E, acreditem, as crianças também são cumprimentadas com um aperto de mãos. Fui conhecer a enteada de uma amiga e dei um abraço na menina… ela ficou petrificada, como se eu estivesse fazendo algo errado… êêê brasileira na Finlândia! =)

“Mökki”

Aqui na Finlândia existe uma brincadeira: se você não quiser encontrar um finlandês, basta ir procurá-lo no verão! É porque em geral, logo após o solstício de verão (em meados de junho, o dia mais longo do ano) eles viajam para suas mökkis ou cabanas/casas de verão e permanecem por lá um bom tempo. Sauna, banho de lago, makkara (linguiça finlandesa), cerveja, sauna, banho de lago… e assim segue.

CULTURA-FINLANDIA[3][2][1]

Via For That Moment

“Festas e feriados”

A Finlândia não é um país católico e por isso não tem todos os feriados e comemorações de outros países. O calendário finlandês é Protestante Luterano e suas comemorações de feriados são mais calmas e sérias do que o restante da Europa (como todo finlandês.. rs..). A única exceção é o Vappu, o primeiro de maio, onde estudantes se reúnem em parques para beber, fazer piquenique e conversar, que é considerado o fim do período letivo por aqui. Há também o Juhannus, que seria o “Dia de São João”, conhecido como o dia mais longo do ano onde é comemorada com bebida e makkaras, e uma grande fogueira para festejar o início do verão!

CULTURA-FINLANDIA[6]

“Para que escovar os dentes?”

Sempre ouvi falar que os brasileiros são bem preocupados com sua higiene bucal. Existe até uma brincadeira que dá para identificar um brasileiro pelo sorriso bem cuidado (ponto para os nossos dentistas!). E realmente confirmei isso quando tive que passar no dentista aqui, pois a recomendação é de se escovar os dentes duas vezes por dia e passar fio dental no mínimo duas vezes por semana! E pasmem: nas creches finlandesas, não tem essa das crianças escovarem os dentes após as refeições! Elas comem uma bala de Xilitol. O Xilitol é extraído de uma árvore bem comum aqui na Finlândia, a Bétula.

CULTURA-FINLANDIA

Via Moomin

“Em uma conversa…”

Como já falamos aqui, os finlandeses não são muito de falar em grupo, e quando um fala os outros ficam quietos ouvindo, pois aqui é falta de educação interromper alguém. Se eles não tem nada de novo para falar, preferem ficar em silêncio, pois não se sentem bem em “roubar” o tempo dos outros repetindo assuntos já ditos. Em qualquer conversa são extremamente diretos e sempre dizem o que querem dizer/saber. Por exemplo: quando você encontra um conhecido ele apenas diz oi. Só vai te perguntar “tudo bem?” se ele realmente estiver interessado na sua vida. Não é igual ao Brasil que a gente vê um conhecido e logo diz “oi, tudo bem?” como se fosse uma frase só. Com visitas geralmente falam sobre o tempo, programas de televisão e hobbies. Nunca falam sobre política ou religião, e para eles o maior tabu é falar sobre salários!”

ADRIANA MINHOTO

Entenda como tudo começou:

As voltas que a vida dá nos leva a lugares inimagináveis!

 

Mais sobre a Finlândia, por Adriana Minhoto:

Casar e morar na Finlândia: o amor colocado à prova!

Infância na Finlândia e Brasil: há ponto em comum?

Dri Minhoto na Finlândia: pausa pra reflexão.

 

Dri Minhoto, a moça bonita desgarrada em terras finlandesas, dá mais detalhes de seu dia dia no seu blog, Entre Vodka e Cachaça. Pra conhecer é só clicar aqui e se jogar! Ah! O Entre Vodka e Cachaça também tem página no Facebook, viu? Já curtiu? Eu já!

ASSINE!

3 comentários sobre “O que você não sabia sobre a cultura popular na Finlândia…”

  1. Camila comentou:

    Oi , sou estudante de marketing no Brasil. Estou fazendo um trabalho sobre escova de dentes da Finlândia, eu li que está crescendo cada dia mais a higiene bucal , então não é vdd ?
    E tem muita variedade de escova vendendo?
    Por favor , me tire essas dúvidas

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Oi, Camila!
      Vou pedir que Adriana possa te socorrer, tá? =)
      Abraço,
      Lidiane

    2. Dri Minhoto comentou:

      Oi Camila!
      Pelo o que sei a higiene bucal na Finlândia continua não sendo das melhores. Onde vc viu que tem melhorado?
      Eles não tem costume de escovar os dentes 3 vezes ao dia que nem nós.
      Sobre escova de dente, não sei te dizer se existem tabtas assim, acho que é mais ou menos a mesma coisa do que aqui… tem a marca deles, mas também tem Curaprox, Oral B, Colgate…. rs…
      Agoea a curiosidade: pq escovas de dente na Finlândia? Rs…
      Bjs e obrigada pelo carinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *