Início » Corpo » Bem-estar » O que a meditação pode fazer por seu bem-estar e saúde?

O que a meditação pode fazer por seu bem-estar e saúde?

Esta é somente uma das tantas dúvidas que sempre tive a respeito dessa prática porque, lá no fundo, sempre vivi de vontade de trazê-la para o meu dia a dia. Quem me conhece, sabe que em geral sou uma pessoa bem tranquila, mas isso não quer dizer que eu não tenha meus momentos onde ansiedade e inquietação imperam. E aí sempre vinha a minha mente a lembrança de que havia lido aqui ou ali de que meditar nos salva nessas horas, ou melhor, que tê-la na rotina previne esses momentos descontrol total.

Você também já ouviu falar da meditação nesse sentido, do quanto ela aquieta a mente e interfere positivamente na saúde e bem-estar? Também tem lá os seus desejos guardados e, dentre eles, está o de incorporá-la ao seu dia a dia? Pois então, bonita, tenho algo a te contar: este post vai te deixar vivendo de vontade de começar já! A querida Paula Elisa, que é professora de Yoga, tirou TODAS as minhas dúvidas em torno da meditação. Fiquei ainda mais encantada com os benefícios que nós podemos trazer para nossas vidas e, oh: eu não me aguentava no siricotico de vontade de compartilhar tudo que aprendi com você, aí do outro lado. Vem cá, vamos aprender juntas e usar a informação a nosso favor? Vem!

Trololó de Mulher >>> Como você define meditação para quem não conhece a prática?

Meditação é o ato de se concentrar, focar a mente em um só objeto. Algumas pessoas pensam que meditar é somente sentar de olho fechado e esvaziar a mente. Em virtude disto muitos se desmotivam desde o inicio e não dão continuidade a esta prática. A grande verdade é : a mente nunca irá parar de pensar, pois o papel dela é este. Porém, o que tentamos fazer durante a meditação é justamente controlar esta mente (denominada pela filosofia do yoga, como um macaco louco, picado por uma abelha numa loja de vidros) fazendo com que a mesma seja dominada e se torne nossa aliada ao invés de inimiga. Portanto, quando tentamos praticar a plena atenção a aquilo que estamos fazendo isso também é uma forma de meditar. Podemos meditar lendo um livro e focando nossa atenção 100% a aquilo que está sendo dito, podemos praticar meditação quando lavamos louça, limpamos a casa, e fazemos nossas atividades diárias, desde que estejamos absortos e plenamente conscientes daquilo que estamos fazendo. O grande problema é que na maior parte do tempo, fazemos uma coisa enquanto pensamos em milhões de outras coisas ao mesmo tempo. Podemos então meditar o tempo todo se quisermos e fazendo qualquer coisa, desde que estejamos conscientes daquilo que estamos fazendo, sem que a mente vagueie por aí. A simples prática de se sentar confortavelmente e observar o movimento de entrada e saída do ar pelas narinas é uma técnica extremamente simples, mas que pode ajudar a domar esta mente. Quando obtemos maior controle sobre aquilo que pensamos, ou mesmo quando estamos mais atentos a aquilo que pensamos, fica mais fácil de controlar a nossa vida, nosso humor e nossa realidade. Pois afinal, somos o resultado daquilo que pensamos a maior parte do tempo. A prática de meditação pode ser formal ou informal. Uma está inter-relacionada e ajuda a outra. A formal é quando utilizamos uma técnica determinada e a usamos para que possamos treinar a mente para aumentar o nosso estado de ampla percepção das coisas. Já a prática informal, seria quando estamos totalmente absortos, presentes e conscientes das nossas ações, pensamentos e palavras diárias.”

TM >>> Depois que a meditação vira um hábito, a pessoa é capaz de eliminar tensões usando a mente?

Definitivamente, sim. A busca pelo equilíbrio mental, espiritual, emocional e físico é algo que deve ser praticado diariamente. Tudo que não se tenha muita prática no começo pode parecer um pouco difícil, mas com o tempo, tudo vai se tornando mais fácil. Somente o fato de a pessoa tomar conhecimento daquilo que ela está pensando ou estar mais atenta e conectada com as suas emoções já é um grande passo no processo. Quando ela se dá conta da qualidade daquilo que está pensando ou sentindo, ela possui maior controle para poder conscientemente mudar aquele pensamento ou emoção para melhor. O fato de se conscientizar do ato de respirar também é um grande aliado no processo de se atingir um maior estado de paz e equilíbrio. Quando se está tenso ou triste, sente-se de uma maneira confortável e sinta a sua respiração, com o tempo, você irá se acalmar e as tensões irão começar a desaparecer. Lembrando que a prática de meditação não é algo que se faz por 2 ou 3 semanas somente, ela deve ser contínua e ininterrupta. Deve ser praticada ao longo da vida. É através dos anos e utilizando-se diversas técnicas que a mente vai sendo domada e educada.”

MEDITACAO-YOGA-SAUDE-BEM ESTAR

TM >>> Para a saúde e bem-estar do corpo, no que a meditação se revela poderosa?

1. Ajuda a reduzir a pressão arterial;

2. Ajuda a reduzir tensões e dores do corpo, principalmente dores musculares e articulares;

3. Ajuda a evitar a úlcera pela redução da produção de suco gástrico;

4. Ajuda a diminuir o stress;

5. Traz maior energia e disposição;

6. Bom para cardíacos ou pessoas com arritmia cardíaca, pois diminui a frequência do batimento cardíaco;

7. Ajuda na diminuição de ataques de ansiedade;

8. Ajuda na liberação da serotonina, aumentando a sensação de bem estar;

9. Fortalece o sistema imunológico.”

TM >>> Dá para se sentir mais calma, bem humorada e paciente no dia a dia por causa da meditação?

Com certeza. Pessoalmente falando. Quando minha prática de meditação está mais forte, as atribulações e problemas do dia a dia não me afetam da mesma maneira como quando eu não estou meditando. Quando se medita frequentemente, fatos, coisas ou pessoas que antes nos incomodavam passam a passar despercebidos e nos sentimos muito mais serenos, alegres, tranquilos, ativos e equilibrados.”

TM >>> Há um método fácil para iniciantes de modo que qualquer pessoa possa começar essa prática?

Procure um local tranquilo, com um pouco mais de silêncio, um local onde você sinta um pouco mais de paz. Sente-se em uma postura confortável, que pode ser numa cadeira ou no chão com as pernas cruzadas. É importante que você tente manter a coluna ereta da melhor maneira que for possível. Feche os olhos levemente e comece a observar o movimento da sua respiração. Faça essa respiração somente nasal, onde você irá inalar e exalar somente pelas narinas. Inspire lenta, profundamente e silenciosamente. Quanto mais vagarosa for a sua respiração melhor. Inspire e sinta o seu abdômen se expandindo, exale e sinta ele esvaziar. Coloque um despertador e decida por quanto tempo irá ficar meditando. E por mais que queira não saia antes do tempo. De inicio pode-se começar com 2 a 5 minutos e com o tempo, pode-se expandir para 30 minutos ou 1 hora. Dependendo de quanto tiver disponível. Pode-se fazer a qualquer hora do dia, porém os melhores horários são pela manhã, ao despertar, de tardezinha quando o sol se põe, ou à noite antes de dormir. É normal que a mente queira vagar, que você esqueça que está meditando, você se sinta impaciente às vezes, com pressa, irritado, mas sempre que qualquer destes sintomas aparecerem, traga a sua mente de volta ao ar entrando e saindo pelas narinas. Você pode ainda fazer este exercício ao longo do dia, fazendo pequenas paradas de 2 minutos e simplesmente observar a sua respiração. Irá perceber como rapidamente irá se sentir mais calmo e sereno. Boa sorte e boas práticas!”

YOGA-MEDITACAO-SAUDE-BEM ESTAR-PROFESSORA-PAULA ELISA[2]

Paula também é blogueira, para nossa alegria. Ela edita um blog repleto de informações sobre a prática da Yoga e tudo o mais que está ligado a esse universo. Sua linguagem é simples, didática e incrivelmente gostosa de ser lida. Aproveite! Acompanhe suas atualizações pelo Namastê Yoga Blog, clicando aqui. Não deixe de conferir suas postagens que fazem tanto bem em outro canal, no Facebook. Sua página está bem aqui, clique, confira e curta!

Imagem: MindBodyGreen

ASSINE!

2 comentários sobre “O que a meditação pode fazer por seu bem-estar e saúde?”

  1. Adriana Minhoto comentou:

    Amei!
    Certeza que este post foi escrito para mim! O empurrãozinho que faltava!
    🙂

  2. Dirce Ferreira comentou:

    Vou começar a praticar, sou muito nervosa e vivo tensa com muitas dores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *