Início » Maternidade » Bebê sem assaduras: é possível sim, mamãe!

Bebê sem assaduras: é possível sim, mamãe!

Esse post foi editado assim, de mãe para mãe, com dicas, truques e estratégias para vencer essa malvada que atormenta o bumbum dos nossos bebês. E se você pensa que as dicas são minhas, engana-se. Fui além e pedi a consultoria de uma profissional, viu?

Pois é! No Trololó de Mulher a consultoria, dessa vez, é de uma pediatra. Trata-se da Dra. Paolla Limy Matsuura Alberton, de Campinas. É ela quem nos alerta para vários detalhes no cuidado da cria e que, no final das contas, fará muita diferença no combate ás assaduras. Espia!

ASSADURA-BEBE-PREVENCAO
Imagem: stock.xchng

POMADA-PREVENCAO-ASSADURA-HIPOGLOS-DERMODEX2

A Dra. Paolla confirma a necessidade de:

 

1 – Passar pomada a cada troca;

 

2 – Usar lenços umedecidos somente fora de casa. Embora eles sejam bons e práticos, o melhor mesmo é fazer a higiene com algodão e água e, em seguida, passar uma camada fina na região genital, incluindo o bubum;

 

E agora, a melhor das estratégias, de acordo com a Dra. Paolla:

 

A frequência de trocas ajuda a prevenir assaduras, e “isso é o ponto mais importante. De nada adianta encher da pomada mais cara se a fralda ficar cozinhando o bumbum do bebê por horas. Por isso, trocas freqüentes protegem o bebê das assaduras. E é sempre bom lembrar que as pomadas que contem NISTATINA só devem ser usadas após a avaliação de um pediatra e com prescrição médica, pois a NISTATINA é um antibiótico usado somente nos casos em que há a presença do fungo Candida Albicans (a popular moniliase), sem ação nas assaduras por irritação.

PAOLLA LIMY MATSUURA ALBERTON PEDIATRA CAMPINAS

 

 

A Dra. Paolla também é blogueira, e escreve textos informativos na linguagem de mãe, de modo que possamos usufruir de conhecimento, o que é imprescindível na criação de nossas crianças, e ainda trocarmos experiência com ela, que também é mãe. Isso não é bacana? Aposto que você gostou da ideia de dar uma espiada no blog da Dra Paolla, o Mamãe Pediatra, e até acompanhá-la em suas publicações, certo? Eu imaginei… então, oh: se joga no blog e aproveita!

ASSINE!

Um comentário sobre “Bebê sem assaduras: é possível sim, mamãe!”

  1. Claudia Anderson comentou:

    tenho o maior orgulho de dizer que o Junior só teve assaduras uma vez, no mais sempre cuidei e muito pois judia demais da criança!…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *