Início » Sem categoria » O que é ser um chef de cozinha…

O que é ser um chef de cozinha…

Quem trabalha com gastronomia sabe muito bem que não dá para ficar só dentro de uma cozinha. A profissão de chef de cozinha é muito mais do que isso. Nos dias de hoje, ela ganhou “status” e virou profissão “chique”, e por isso aumentou o número de inscritos nos vestibulares para as faculdades que possuem curso de gastronomia.

Mas não é só pelo título que uma pessoa deve escolher esta profissão. A sociedade está cada vez mais exigente, e só aqueles que sabem fazer de seus pratos verdadeiras obras de arte e que amam conviver com panelas e ingredientes diversos, e gostam de gente, estão no lugar certo, na profissão certa.

Mas além de atender bem os clientes e de preparar quitutes deliciosos, um chef precisa, hoje em dia, saber muito bem como funcionam todos os setores de um restaurante, ter noções de administração e contabilidade, fazer viagens, quando possível, para aprimorar seus conhecimentos e estar sempre por dentro do que rola pelo mundo gastronômico.

Algumas especializações dentro desse grande universo da gastronomia já estão dando as caras no mercado e para agarrar uma excelente oportunidade é necessário, além de cursos, ter força de vontade e certeza do que se quer fazer. O mercado procura por profissionais com uma boa formação técnica. Os chefs de cozinha ainda são os mais requisitados, mas há muito espaço para bons maîtres, confeiteiros, padeiros, patissiers, baristas, sommeliers e etc.

Geralmente os profissionais da gastronomia atuam em restaurantes, mas devido a ampliação do número de hotéis em todo o mundo, outras oportunidades acabam aparecendo como escolas, hospitais, indústrias, cozinhas experimentais, etc.

Nessa área é muito comum o crescimento na carreira, onde muitos começam trabalhando como auxiliares onde fazem de tudo dentro da cozinha, e chegam a chefs. Muitos acabam até sendo conhecidos em todo o país e até no exterior como é o caso de Alex Atala, Flávia Quaresma, Sérgio Arno, Ana Soares, Álvaro Rodriguez, Benê, Laurent Suaudeau, Nina Horta e muitos outros.

A experiência na prática ainda é o fator mais importante que os restaurantes levam em consideração na hora de contratar um chef de cozinha para compor sua equipe, mas, a profissionalização e o aumento na exigência por parte dos clientes tornam mais do que essencial a especialização. Fazer de tudo um pouco na cozinha, pode ser bom no início da carreira, mas, se especializar em alguma área dentro da gastronomia, faz a diferença!

Nesse campo da especialização, as escolas e faculdades de gastronomia do Brasil estão fazendo um bom trabalho em relação aos cursos internacionais, por isso é grande o número de profissionais que vão buscar uma especialização. Ir para o exterior agrega valor em termos técnicos e práticos, sem dúvida, mas já dispomos de boas escolas, faculdades e profissionais que estão dedicando seu tempo e experiência para formar pessoas capazes de atender com excelência um público que está a cada dia mais exigente.

Mas não é só pelo domínio da técnica que você conhece um bom chef de cozinha, um patissier, barista ou sommelier. Estes profissionais dentro de suas áreas precisam também contar com muita criatividade, sensibilidade, visão, harmonia, facilidade de comunicação e flexibilidade para conviver bem com colegas de profissão, funcionários e clientes.

Imagem: stock.xchng

Por Debora Cordeiro via Conteúdo colaborativo
Mirepoix

 

Quer fazer como a Debora, e publicar seu texto aqui? Seja uma Bicha Fêmea colaboradora!

Últimas colaborações no Bicha Fêmea…

Saúde no Bicha Fêmea: respirador bucal.

Peripécias de uma mãe desesperada.

Passar fome emagrece?

Todos somos donos de casa: homens, mulheres, crianças…

Perfeccionismo e obesidade.

Navegando no Bicha Fêmea – Início > Bem Viver > Vida com Estilo > O que é ser um chef de cozinha…

Quer as novidades do Bicha Fêmea? Receba gratuitamente em seu e-mail!

11 comentários sobre “O que é ser um chef de cozinha…”

  1. dani garlet comentou:

    amo esses textos que abrangem atendimento, amo, pq temos atendimento tão ruim por todos os cantos ne….
    🙂

    beijoss lidi!

  2. Leticia comentou:

    Eu tenho um amigo que fez a faculdade de gastronomia e se especializou em culinária japa! Tem um restaurante no interior de SP… delícia, não?
    Eu to longe de ser chefe… to ainda organizando a cozinha… hahaha! Descobri esses dias que não tinha ralador de cenoura, acredita? Como não fui eu que montei a cozinha, fica complicado!
    Amiga, postei as fotos… corre lá! Espero sua visita… é meu convite para participar do meu casamento!
    Beijos
    lelê

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Ih, Lelê!
      Até hoje eu descubro, de vez em quando, que não tenho isso ou aquilo, ou que comprei coisas que nem precisava tanto. Isso se deve a minha total falta de intimidade com a cozinha. Acho que o melhor é ir comprando as coisas conforme a necessidade mesmo, sabe?

      Ah! Vou correndo ver as fotos…
      Fui!

  3. Milena comentou:

    Lidi,tenho uma filha de 09 anos que quer ser cozinheira e fazer curso na França,acho que o desenho Ratatouille não fez muito bem pra minha filhota…
    Mas já expliquei a ela que precisa muita dedicação e ralação,mas vendo o chef Gordon Ramsay que adoro,comigo outro dia,falei:ai!do jeito que sou ansiosa,não serveria para chef de cozinha.E ela me respondeu:-eu quero,eu gosto,não vejo nenhum problema!!!
    Ai,ai,ai vero chef Ramsay já não é lá muito típico da idade dela,mas dizer que gosta,acho que não vai ter muito jeito não,vou ter uma chef de cozinha em breve.

    Bjs,

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Nossa! Tão novinha e já sabe o que quer!

  4. Laine comentou:

    Lidi,
    Lembra da Lilian, minha cunhada, irmã da Leila?

    Ela est acursando Gastronomia e está adorando. Eu vejo as fotos das aulas praticas e babo só de ver.
    Bem que eu queria fazer um curso assim. Aprender a cozinhar melhor é muito bom!
    Beijos

  5. Márcia comentou:

    OI Lidi,
    Quem gostou do post da Debora foi meu filho. Ele começa a faculdade de Gastronomia no ano que vem e a noiva começa Administração. Vão ser um casal promissor não? Meu filho é excelente na cozinha e super conunicativo…sei que será bem sucedido e eu fico aqui né? orgulho só…
    Bjs carinhosos
    Márcia

  6. Simone Scharamm comentou:

    Ah…acho que eu gostaria de estudar Gastronomia, quem sabe, num futuro próximo,rs!
    Beijos, Lidi!
    Adorei o post!
    Sobre o post acima, dos links, vou te contar um segredo:eu não faço links porque nem sei como se faz, rsrs, tenho tanta sede de aprender coisas novas todos os dias, que organizar o blog sempre fica pra depois,rs!

  7. Valesca Bender comentou:

    Que legal este post! Minha mãe está fazendo curso de commis e vai amar ler isto.
    http://valescabender.blogspot.com

  8. catarino morais comentou:

    eu adorei o post! obrigado continuem com ideias como estas fuiiiiii bjo.

  9. Daniela comentou:

    Oii meninaas!
    Eu tenho 15 anos, e desde 8 anos que eu cozinho, mas nunca dei atençao a isso.
    Lendo os comentarios de vcs eu vi o da Milena que a filha dela viu o filme Ratatouille e talz… Bem, meses atras vi o filme e comecei a gostar mais do assunto, eu percebi que me identifico na cozinha, eu me sinto bem, me sinto feliz, comecei a ver que cozinhar pra mim é como andar em uma rua: quando vc anda em uma rua qualquer vc nem presta atençao em nada, assim como um prato qualquer quando vc cozinha um arroz por exemplo vc nem presta atençao no alho, na agua, no oleo, nada, porque é rotina! mais quando vc anda numa rua limpa, com casas chiques, cheias de harmonia vc olha cada detalhe, vc vê o cuidado especial. Assim como algum prato por exemplo o Ratatouille , vc ve o cuidado, o detalhe, e quando as pessoas te olham com olhar de alegria, isso é recompensador é uma maravilha!!!!
    Agora na minha inumerada lista de profissoes : Ser uma chef, esta no topo!! Amei o artigo!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *