Início » Comportamento » Uma Bicha Fêmea por Outra: Ruby Fernandes

Uma Bicha Fêmea por Outra: Ruby Fernandes

Cargo, status ou carreira, nada disso foi prioridade na vida de Ruby quando ela se tornou mãe. Aos poucos, de forma consciente e planejada, a blogueira de talento reconhecido para a criação de belezuras, e dona do blog “Meu Canto, Minha Prosa”, consolidou a escolha por ser mãe em tempo integral, diva do lar prendada e dona de seu próprio tempo.

 

 

Ruby, uma mulher jovem, bonita, inteligente e articulada, explica como encara essa opção:

Estar fora do mercado de trabalho formal é um privilégio para mim, tanto quanto o fato de não ter um telefone celular. Sério, considero um privilégio muito grande ser dona do meu tempo, isso não tem dinheiro que pague. O nascimento do meu filho influenciou meu estilo de vida, mas não foi da noite para o dia, me programei para ter a vida que tenho hoje.”

Ruby tornou-se uma blogueira popular no mundo craft, e até uma referência para mulheres que se identificaram com seu estilo de vida. Consciente desse papel, ela revela o que sente por estar nesta condição:

Recebo muitos e-mails todos os dias de pessoas que abrem seus corações para mim, dizendo que se inspiraram em coisas do meu cotidiano. Teve um em especial que dizia assim: ‘Conheci seu blog hoje e senti uma vontade imensa de chegar logo em casa para abraçar minha filha e meu marido’. Dá para sentir a dimensão da blogosfera?” 

Sim. Dá para sentir essa dimensão, e ela certamente se reflete na popularidade de seu blog, que tem em seus posts números expressivos de comentários. De que a blogosfera é feita de trocas, que ela se alimenta disso e é onde está a graça nesse mundo, essa mineira sabe muito bem, e que isso impacta na credibilidade de quem conduz o blog, a bonita não duvida:

a medida que eu comentava em algum blog recebia o comentário de volta, assim a bola de neve foi tomando a forma que tem hoje. A blogosfera é feita de trocas. Acredito em credibilidade sim, mostro minha cara e falo o que sinto, as pessoas que se identificam voltam sempre!”

Quem acompanha o blog dessa inventadeira de fofurices sabe muito da vida dela. Sabe, por exemplo, que além de costurar como poucos e cuidar em tempo integral da casa, do filhote e do maridão, ela ainda faz trabalhos como modelo e reserva tempo para atividades esportivas. Ufa! Só de imaginar, dá até para cansar! O que a acalma?

“Quando estou sozinha, depois que todos estão dormindo é minha hora de meditar. Sou fã da filosofia budista e tento aplicar no meu dia a dia. Uma boa noite de sono é o meu melhor calmante.”

Lulu, como é chamada pelos superultramega íntimos, está completamente realizada com seu estilo de vida, revela que suas prioridades mudaram completamente quando ela foi mãe tão cedo, e que a forma como foi criada por sua mãe fez diferença no jeito como educou seu filho.

A seguir ela revela mais detalhes sobre a experiência da maternidade, sobre a blogosfera e seus planos de como continuar levando a vida daqui para a frente.

 

 

Seu filho já é adolescente. De que momentos da maternidade você não abre mão?

De colocar o filhote na cama todas as noites, ops, quase todas, os dias que ele sai para balada eu não vejo ele chegar…hahah

Também faço questão de cozinhar, todos os dias ele chega da escola e tem almoço quentinho na mesa e a mamãe esperando por ele.

A forma como você foi criada por sua mãe influenciou em como você criou seu filho?

Sim, tento passar os valores que ela me passou. Por outro lado sou bem mais liberal com ele do que ela era comigo. Eu morria de medo e vegonha de contar minhas coisas para ela, meu filho me conta tudo, confia em mim, até me pede para comprar preservativos para ele …

Mudar de MG para GO, ter abdicado da carreira e reinventar um nova como blogueira/costureira revela uma mulher firme. Você se enxerga assim?

É, fácil não foi, mas foi um desafio muito prazeroso. Um desafio pessoal, pela primeira vez me senti adulta de verdade. Éramos três, eu, marido e filho. Não tínhamos a quem recorrer, estávamos por nossa conta e risco.

Sou uma mulher firme sim, mas sou sensível, chorava escondida, não queria que meu marido se preocupasse comigo, afinal ele tinha um foco e eu não iria atrapalhar por nada desse mundo. Deu certo!

O bom disso tudo é que hoje me conheço bem e sei do que sou capaz.

Você mostra muito de sua casa e seus espaços em seu blog. Seus leitores participam de sua vida?

Demais, somos como velhos amigos que se visitam sempre. Altos papos e muitas risadas.

Quando você revela que é diva do lar por opção, sente que isso soa como redenção para as mulheres?

Não vou generalizar nem polemizar aqui. Para as mulheres não sei, mas para a mulher Ruby sim, e nem soa como redenção, a palavra certa é opção mesmo. Acho a coisa mais linda meu avental de bolinhas pendurado na cozinha, ou o bolo assando no forno. Sou vintage!!! Hahaah

Mostrar tanto a sua casa em seu blog, nos mínimos detalhes, é parte de seu sucesso como blogueira?

É todo conjunto da obra, mostro minha casa, minha família, meus artesanatos, os lugares que gosto de ir, as coisas que ainda quero fazer, enfim, minhas alegrias e algumas poucas tristezas, tipo quando meu cachorro amado morreu ou quando tive que me mudar de apartamento sem esperar, ou ainda quando tive que adiar minha viagem para Paris. Evito ao máximo falar de coisas tristes, outra coisa que evito é colocar propagandas e patrocinadores, o blog é puro entretenimento!

E a blogosfera daqui ‘pra frente?

Não sei, prefiro pensar um dia de cada vez. O que tem me deixado chateada é não conseguir responder a todos os comentários do bloguito.

A loja virtual pode tornar-se real também?

Não, apesar de já ter recebido propostas, não saio de casa de jeito nenhum, a lojinha é um pequeno prazer, se virar obrigação perde a graça.

Há planos para superar o sucesso que seu blog já tem?

Só queria ter mais tempo para responder a todos os comentários. Não pelo sucesso, mas pelo carinho que sinto pelos leitores.

E o Twitter?

Tá devagar, quase parando, esses dias esqueci minha senha e fiquei um tempão sem atualizar, hahah

O que não se sabe sobre a Ruby?

Que tem medo de filmes de terror, que não tem nem quer ter celular, que não gosta de novelas, que chora se vê um animalzinho machucado, que toma leite condensado na lata e chupa limão com sal, hahahah

Tem um montão de outras coisas que não conto nem sob tortura, hahaha

 

 

Ruby, só no trololó

Filho = Quer saber o que é amor incondiconal? Tenha um filho!

Marido = Amor, companherismo, amizade, lealdade, cumplicidade, 17 anos de aprendizado e felicidade.

Seguidores = Reconhecimento de um trabalho feito com carinho.

Blogosfera = Diversão e inspiração.

Família = Inspiração da vida real, vontade de pular da cama cedo todos os dias.

Amigos = Não importa a quantidade, a qualidade é o que faz toda diferença.

Blog = Literalmente é meu diário virtual.

Minas Gerais = Saudades sem fim.

Mais no Bicha Fêmea…

Uma Bicha Fêmea por Outra:  Ana Medeiros

79 comentários sobre “Uma Bicha Fêmea por Outra: Ruby Fernandes”

  1. Laély comentou:

    Beijinho às duas: Lidi e Ruby!
    Lidi, conduziu a entrevista de forma muito elegante.

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Eita, Laély! Gostei do elogio “elegante” para a entrevista, viu?! … ehehehe

  2. Sueli comentou:

    Adorei a entrvista, tenho visitado a Ruby, e posso dizer que muitas mulheres tem vontade de um retorno aos valores das famílias como antigamente(mas com um renovo é claro), bjs

  3. Fernanda Reali comentou:

    Adorei a entrevista e adorei conhecer um pouquinho da Ruby. Eu a vi num post da minha xará Fernanda do Minha Casinha. Como não a descori antes? Estou encantada com ela.
    Obrigada, Lidi!
    Beijos

  4. Sil Fernandes comentou:

    Sou irmã da Ruby, adorei a entrevista, super legal, sinto muita falta dela, te adoro irmã querida.

    Sil Fernades MG

  5. Fernanda Reali comentou:

    Meninas
    Meu bloguinho faz um ano. Venham comemorar comigo!

    PROMOÇÃO: Esta maleta pode ser sua! http://bit.ly/9aUygB

    Lidi, dona do blog mais necessário na blogsfera, aparece lá em casa e trazas amigas. Cada semana terá uma coisa diferente: promoção, sorteio e novidade.

    Bjs

  6. Pingback: Destaques em decoração, oragnização e saúde | Bicha Fêmea
  7. Trackback: Destaques em decoração, oragnização e saúde | Bicha Fêmea
  8. Mery comentou:

    Parabéns pelo seu blog!!!
    Me identifiquei com algumas coisa…sai do mercado formal ano passado,agora toi mais me casa curtindo minha família!Mais sempre inventando alguma coisa…não consigo ficar para da!
    Beijos e apareça para uma visitinha!!!
    Beijos!!!

  9. Katia Bonfadini comentou:

    Que entrevista maravilhosa, meninas! Parabéns às duas mulheres mais poderosas e carismáticas da blogosfera. Adorei a entrevista, adorei a opção da Ruby e a maneira franca e firme como expôs suas escolhas, seus sentimentos e um pouquinho da sua intimidade aqui. Sou fã de vocês. De verdade. Minha admiração é grande mesmo!!!!! Bjs!

  10. Pingback: Entrevista de Mara Porto no Bicha Fêmea | Bicha Fêmea
  11. Trackback: Entrevista de Mara Porto no Bicha Fêmea | Bicha Fêmea
  12. sandra comentou:

    Parabéns pelo seu projeto amiga. Muito bom. As entrevistas estam ficando super boas.
    Sandra

  13. Renata comentou:

    A descoberta do mundo dos blogs me fez me sentir mais feliz na minha condição de dona de casa, o blog da Ruby é apaixonante e tem me inspirado muito.

  14. Heloisa de Mesquita Inoue comentou:

    Oi, por acaso, você saberia o motivo da Ruby ter fechado os blogs dela? Gostaria de ter noticias pois a admiro muito! Grata!

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Não, Heloisa, não sei.

      Beijos,
      Lidi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *