Início » Corpo » Saúde » Dica para facilitar a virada regular do colchão e ganhar mais saúde.

Dica para facilitar a virada regular do colchão e ganhar mais saúde.

Será que você tem dúvidas na hora de virar o colchão para saber como posicionar o lado onde ficam a cabeça e os pés? Como decidir qual a melhor posição na hora de virar o colchão para garantir a perfeita alternância de lados, e com isso garantir maior durabilidade, além de saúde para sua coluna?

Aqui em casa tínhamos todas essas dúvidas. Elas sumiram quando marido localizou web afora, neste post que foi publicado no blog Empirical Empire, uma forma eficiente de controlar isso. Devo dizer que depois que começamos esse processo, as dores que marido sentia nas costas sumiram, porque há agora um uso mais eficiente dos lados do colchão, de modo a manter uma rotação regularizada no uso desses lados. Quer ver que forma foi essa?

É muito simples. Num cartão com o formato do colchão (para ser bem didático e facilitar o exercício de abstração), escreva o nome dos meses como segue abaixo nas fotos do nosso cartão:

DSC01927

Foto 1 – Veja! No canto direito inferior estão os meses Janeiro, Maio e Setembro, e junto há uma seta indicando a rotação para cima, certo?

Neste mesmo lado do cartão, note que no canto superior esquerdo estão escritos (e você enxerga de cabeça para baixo) os meses Fevereiro, Junho e Outubro. Percebe a posição da seta?

DSC01929

Foto 2 – Mantenha o cartão na posição da foto 1 e rotacione no sentido indicado da seta. Pronto! Agora você tem o cartão exatamente na posição da foto 2. É esse o movimento que você vai fazer em Janeiro com o seu colchão, e vai dar de cara (como na foto 2) com o movimento que deverá fazer em Fevereiro. Percebe agora, na foto 2, o movimento orientado pela seta?

DSC01932

Foto 3 – O que consta na foto 3 é o que deve estar no lado oposto do cartão. Quando você fizer o primeiro lado, como estão nas fotos 1 e 2, e fizer os movimentos indicados nas setas, vai dar de cara com a montagem da foto 3: Março, Julho e Novembro no canto direito inferior, com a seta indicando rotação para cima.

DSC01933

Foto 4 – Quando você está na posição da foto 3 e obedece o movimento de rotação, chega a imagem da foto 4: Abril, Agosto e Dezembro com nova seta indicando para onde você vira o colchão no próximo mês.

Será que ficou alguma dúvida? Pelo sim, pelo não, trouxe para cá um vídeo que foi publicado no post de onde marido tirou a ideia:

Este vídeo, publicado no post original que trata sobre como aumentar a vida útil do seu colchão, lá no blog Empirical Empire, é super claro, não? Agora é só aplicar nos seus domínios e a tarefa de organizar as viradas de colchão fica muito mais fácil, certo?

O cartão é super eficiente e poupa a chatice de ter que ficar lembrando a última posição em que o colchão foi virado. Fizemos isso porque, sinceramente? Há muitos outros pequenos detalhes na vida com o qual se preocupar, certo? Agora é contigo e o colchão, bonita!

Bons sonhos!!!

Mais no Bicha Fêmea…

1, 2, 3, 4, 5 carneirinhos…6 dicas e durma bem!!

Os 10 erros na decoração e bem estar de seu quarto…

34 comentários sobre “Dica para facilitar a virada regular do colchão e ganhar mais saúde.”

  1. Daniele comentou:

    Oi Lidi! Obrigada pela sua visita! Olha o link está atualizadíssimo ok?! Prontinho para vc receber muitas visitinhas!
    Lidiane, fui conferir sua colcha, hilário…Conheço muito bem a sua colcha e ela é linda, olha a coincidência: Foi depois de ver essa colcha na Etna que eu resolvi comprar uma de Patchwork pra mim e saí no mundo á procura até encontrar aquela coisa fofa que levei p casa. Só não bati o martelo com a da Etna porque queria algo puxando mais p o rosa e verde.
    Temos bom gosto (humilde né, rs)!!!!!!!
    Beijos!!!!

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Pelo menos para colcha de cama temos bom gosto mesmo, e somos chics… kkkkk… 😀
      Olha a pessoa aqui que também é muito humilde… cof cof cof…

  2. Leticia comentou:

    Menina
    Sou ruim nisso… nunca lembro de virar o colchão… acho que é herança. Meus pais tb esqueciam tanto que o último deles ficou um marcas incríveis com a posição dos dois. rssss.
    O noivo é melhor do que eu para lembrar, mas sem grandes crises, sem prazos… rs.
    Beijos
    lelê

  3. Reyel Angel comentou:

    Nossa, que interessante! Não sabia na disso. Mas atualmente temos uma cama box com colchão fixo, morro de dores aff…
    Bjo na alma.

  4. Dricca Kastrup comentou:

    Menina, genial ! Como a gente não pensou nisso antes ? rsrs

    Bjo bjo

  5. Fabiana comentou:

    Lidi, minha cabeça meio que não entendeu muito bem essa fórmula (também meus neurônios não estão querendo ajudar), mas vou ver o video, rsrs.
    Obrigada!
    Bjs!

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Eita, Fabiana!
      …ehehehehe…
      O vídeo ajudou a visualizar o uso do cartão para as viradas de colchão, fêmea?! 😮

  6. Ana Carla comentou:

    Menina, que legal essa dica !!!! Show de bola …

    Beijossssss
    :o)

  7. Anna comentou:

    O vídeo acabou com qualquer dúvidas que eu teria, menina, muito boa esta sua dica.
    Cada dia seu blog está maravilhoso.
    Beijos
    OBs: como vocês colocam estas carinhas no comentários?acho lindo!

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Anna, quando você diz “carinha” no comentário, você se refere a minha foto????
      Se for isso, para aparecer a sua também, você precisa fazer seu cadastro no gravatar.com. Aqui está o link do blog onde está tudo explicadinho, “tim tim por tim tim”:

      http://www.htmhelen.com/2009/06/gravatar-seu-avatar-no-wordpress.html

      Beijos

  8. Rose comentou:

    Oiiiii…afff…to aqui saltitante de alegria, parece que você leu meus pensamentos…hihihi a dias que reclamo de dor não sei explicar direito onde é sabe aquele nervinho que dá torcicolo é bem ali…kkkk e faz um tempinho que sinto isso e tenho certeza que tem a ver com o meu colchão e o pior que ele é novissimo nem fez niver ainda…obrigada adorei a dica até salvei pra mostar ao maridex.
    Bjinhus!!!

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Ah, que bom que o post foi tão útil para você, Rose!
      Ganhei o dia! 😀

  9. CHICA comentou:

    Aqui em casa nós fazemos isso sempre.Dá trabalho,poiso bicho pesa, mas vale.linda dica,beijos,chica

  10. Cibele comentou:

    Lidi, que boa dica adorei sabe que sempre esqueço disso…
    Mas vou me organizar para não esquecer não..
    Adorei,

    beijos

  11. Fernanda Reali comentou:

    Adoooooro ler essas coisas.
    Bicha Fêmea é demais!

  12. luciane comentou:

    Olá!
    Só hoje meu reader atualizou seus posts! Tava com saudades!
    Parabéns, está tudo lindo e o principal, a simpatia e generosidade são sempre as mesmas!
    Sucesso
    Beijos
    Lu

  13. Anna comentou:

    Pena que não posso virar de baixo para cima, pois tem espuma em cima diferente da de baixo, só para os lados, assim vou virar.
    A carinha seria do sorriso, mas como me ensinou a colocar minha foto, vou tentar também.
    Beijos

  14. Thendara comentou:

    Nossa, vou começar a usar essa dica. Ando com dores nas costas e nao custa nada tentar.

    Obrigada pela dica!!!

    Beijos

  15. sonia sousa comentou:

    primeiro achei meio que compicado pelos cartões(neuronio pifou) depois vi o video e fiquei mais exclarecida lol.
    Olha eu amo de paixão dias de frio e sol(como o que está hoje aqui -ainda mais depois de vários dias seguidos de chuva.
    Os dias cinza me deprimem -mas se for num domingo de inverno em que podemos ficar por casa enroladinhos a beber chá, ver filmes ou ler(tudo coisas muito dificeis de fazer com dois pestinhas pequenos) ou a brincar com eles , a coemr bolachinhas e relaxar-um dia cinzento é o ideal para isso -já que com sol seria um desperdicio de dia ficar em casa-não é verdade??????

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Ah, Sonia! Depois que você explicou as razões para gostar do dia cinza, fez todo sentido para mim. Nessas circunstâncias, eu também gosto. E eu até posso fazer com mais frequência, já que não tenho filhos. Mas será por pouco tempo, se Deus quise. E Ele quer! 🙂

  16. Katia Bonfadini comentou:

    Lidi, que post interessante!!!! Vou anotar essas dicas e tentar fazer em casa, mas sabe que nosso colchão ficou tão molenga e deformado depois de algumas mudanças de posição, que desistimos de mexer nele?????? E a marca é Ortobom, a princípio tem qualidade, e apesar do meu voto contra, o Marcelo quis comprar um modelo que foi mais caro do que a própria cama!!!! Beijos!

  17. Laine comentou:

    Adorei o post, Lidi!
    Mas esta tática não vale para colchão tipo box. Box só permite virar cabeça pros pés e vice-versa. Uma pena. snif snif

    beijos, Laine

  18. Rodrigo Stulzer comentou:

    Olá!

    Parabéns pela forma de referência ao post original! Hoje em dia é uma pena, mas vemos pessoas simplesmente copiando e colando artigos. O seu se referencia e vai além, explicando tudo do seu jeito. Muito legal!

    Um complemento, que está no post original, é colar etiquetas nos quatro cantos do colchão, como colocado nos cartões. Eu usei esparadrapo, daqueles largos. São ótimos, pois grudam bem e demoram muito para descolar. Assim, com eles colados no colchão, não precisa mais ter os cartões para se referenciar.

    Abraços!

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Oi, Rodrigo!
      Obrigada pelo elogio a minha postura de não copiar posts. Engraçado como isso deveria ser o normal, não é? Não é para ser algo passível de elogios. Isso é básico e deveria ser obrigação de todos na blogosfera. Porém, ter um blog decente dá muito trabalho e muitos preferem trilhar a via do menor esforço, e se dar bem fácil, fácil… é uma pena…

  19. Pingback: Dicas para passar camisa social. | Bicha Fêmea
  20. Trackback: Dicas para passar camisa social. | Bicha Fêmea
  21. Pingback: 6 dicas para evitar a insonia
  22. Trackback: 6 dicas para evitar a insonia
  23. Pingback: Organização doméstica: dicas
  24. Trackback: Organização doméstica: dicas
  25. Pingback: Dicas para cuidado e organização da casa
  26. Trackback: Dicas para cuidado e organização da casa
  27. Pingback: Dicas que ajudam na hora de virar o colchão
  28. Trackback: Dicas que ajudam na hora de virar o colchão
  29. Patricia Karina comentou:

    Que complicação!!! Meu método é bem mais simples: escrevo de 1 a 4 em cada canto do colchão. Uso sempre o mesmo canto da cama como base (ex: cabeceira do lado esquerdo), e a cada troca de lençóis coloco nesse canto o próximo número…

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Oi, Patricia!
      Bem vinda ao Bicha Fêmea! 🙂
      Mas… como assim? Você vira o colchão toda vez que troca de lençol?
      Não é um intervalo muito curto para a virada do colchão?! 😮

      Beijos,
      Lidi

  30. glaucia comentou:

    por favor, me tire essa dúvida. o meu colchão é daqueles de pluma, e acho que me arrependi, pois não era aquilo que esperava.. até mesmo pq eu me interesso sempre pelos ‘d 40′, d’45’ (os mais duros/firmes). Será que se eu virar o lado da pluma (não sei como escreve) para baixo, eu tenho sucesso?
    obrigada

    1. Lidiane Vasconcelos comentou:

      Oi, Glaucia!
      Não será dessa vez que poderei te ajudar. =(
      Não tenho nem nunca tive colchão de plumas, além de não ser especialista no assunto.
      Você já tentou entrar em contato com o fabricante? Fica a dica! =)

      Beijos,
      Lidi

  31. MARCIA comentou:

    FALTOU UM DETALHE. COLCHÕES COM PILLOW NÃO TEM COMO VIRAR E HJ EM DIA TEM UNS (O MEU) QUE NÃO DEVEM SER VIRADOS, JÁ TEM CINTAS ESPECIFICAS PARA O COLCHÃO NÃO DEFORMAR, AINDA VEM A INDICAÇÃO DE ONDE É A CABECEIRA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *